. + Aviso


MusicPlaylist
MySpace Music Playlist at MixPod.com

*Brevemente nova colaboradora! Vão haver melhoras nos posts, e vamos postar com mais frêquência!! Mal posso esperar!!! [Mais sobre ela] Adora... -->Twilight -->Robert and Taylor
Sábado, 3 de Outubro de 2009

Capítulo 10

Hey people!

Peço imensas desculpas pelo atraso, espero que não me matem!!!

Bem, aqui está o capitulo, acho que até é grandinho, para compensar o atraso.

Uh, é verdade, e se vos interessar já estamos a escrever o próximo para não haverem mais atrasos.

___________________________________________

 

Agora que penso bem isto foi tudo uma perda de tempo.
Quase pensei que poderia viver para sempre numa mentira destas. . . com ele.
O que fiz não foi nada assim tão mau como parece, mas eu estando no lugar dele não me cheira que ele se tenha sentido muito bem.
Talvez eu deva ir-me embora, para um sitio onde nem o Orlando Bloom possa sair magoado por minha causa, ou o pobre Spencer. . . talvez me aceitem no Alasca, mas se calhar são demasiado civilizados para me acolher. . .
 
Mas decidi continuar a minha rotina, então hoje fui para a escola.
Parecia que o via em todo o lado, nos cacifos, na minha secretária, no meu croissant e até no meu horrível stôr careca de português.
Finalmente deu o toque de saída, com muita sorte conseguiria chegar a casa antes de o ver [E talvez faltasse á aula de karaté, e sim, eu sou perigosa!] se bem que duvido muito que ele queira falar comigo, nem eu mesma quero falar comigo!
Quando estava quase a chegar ao portão reparei no blusão lindo de cabedal dele, encostado ao lado de fora do portão, e decidi ir embora, tinha todo o tempo do mundo para ir para a casa, ninguém devia estar à minha espera, nem mesmo a Dionísia.
Comecei a andar no sentido contrário até que a Demi teve a excelente ideia de me ajudar a piorar o meu dia, e começou a gritar o meu nome, até que o Taylor se virou e começou a correr e como se não fosse óbvio que ele corre muito mais que eu, deparei-me com ele a bloquear-me o caminho.
 
Taylor: Deixa-me falar contigo, juro que não te faço mal. – Porquê? Haveria hipóteses de me fazeres mal??! YAAAA, se tirares a camisola de certeza que desmaio… Again!
Eu: Só dois minutos. Mas não aqui, tá toda a gente a olhar. – Essa gente não tem vida própria?
 [Ele levou-me para a sala de arrumos pelo braço, ele fez-me lembrar o troll devorador de criancinhas da história do meu livro de português do 1º ano.
Quando abrimos a porta, entramos lá, ele vira-se para me beijar e de repente ouve-se um berro.]
Eu: [Olho para o lado] Acho que a empregada não quer ver isto …vamos embora.
Taylor: Hum, claro.[Puxa-me para fora] Queres ir para onde? – Para casa!
Eu: Para a casa de banho das raparigas. – De certeza que as sanitas não dão berros.
Taylor: Nem penses, as paredes têm ouvidos nesse sítio. – Não contem a ninguém mas a Miley contou-me que a Demi lhe contou que o Joe lhe disse que quando o Tay era miúdo, uns tipos da turma dele trancaram-no na casa de banho das raparigas durante uma noite inteira e desde aí ele está traumatizado. E sim, estou a ficar melhor a português! 
Eu: OK, então vamos para onde? – Para a dos homens não, para a dos homens não! Não é que eu tenha qualquer trauma com WC’s de rapazes. . .
Taylor: Para o MEU WC! – Nãaaaaaao!
Eu: Ohhh!
[Quando ninguém tava a olhar, entramos lá]
Eu: Sim, que queres? – Podias tentar-me beijar outra vez?
Taylor: Acerca de ontem… - Vamos deixar as conversas e passar a acção?
Eu: Eu sei é verdade, e eu peço imensa desculpa, por tudo, a sério, eu juro-te que parei mas elas disseram-me que não podia, e que o vestido era uma imitação, que o Spencer não me deu o troco, e a minha luzinha de presença fundiu, que a minha pasta tinha borboletas, que da Vanessa tinha florzinhas e que a papelaria fechou e Dionísia fez ontem caracóis, e eu detesto caracóis . . . e é por isso que eu não tenho culpa! – Não sou a única que não percebeu uma única palavra do que eu disse, pois não?
Taylor: Tu tens sérios problemas, mas não é por causa disso que vim falar contigo. É que. . . achas-me assim tão estúpido para nunca ter desconfiado de nada? – Talvez…ou melhor sim!!!
Eu: Ah. . . agora que falas nisso. . .Mas desculpa-me, a sério, eu odeio-me por te ter enganado, já tentei fazer greve de fome até parar de ser estúpida, mas isso seria uma estupidez e assim morreria! E não ia ter o Taylor Júnior, a Selena Júnior, e o Travis, e nunca me ia mudar para o Alasca com o Taylor e nunca iríamos sobreviver apenas com as chamas do nosso amor.
Taylor: Não precisas de passar fome por mim! [Fecha os olhos e inclina-se. De repente ouve-se uma porta a abrir. . . Hoje é definitivamente o meu dia de azar!]
Joe: Hum. . .pensando melhor, eu vou fazer ali ao lado!
Taylor: Mas fecha a braguilha! – Yoo!
Joe: [Olha para baixo] Certo! – OK, o meu trauma está a aumentar a uma velocidade drástica!
Eu: Onde é que nós íamos?
Taylor: Selena, eu tenho considerado certamente na tua obsessão pelo Orlando Bloom. E admito, estou com ciúmes! – Ele é tão fofo a dizer Orlando Bloom, quer dizer até a Vanessa fica fofa a dizer esse nome, mas o Taylor fica melhor.
Eu: Claro, ele é lindo, é perfeito, OMG, ele sem camisola! – A Dionísia sempre disse que eu tenho uma grande boca, acho que é verdade! Mas quando falam do Orlando Bloom eu não me consigo controlar.
Taylor: Selenaaa! – OHH ele fica tão fofo a dizer o meu nome, e o do Orlando, e provavelmente até o da Vanessa! Esta minha adoração pela Vanessa está-me a irritar um bocadinho!!
Eu: A verdade tem de ser dita!
Taylor: Então ele é melhor que eu? – Estou um bocadinho farta de perguntas difíceis, o que me vais perguntar a seguir? Se eu odeio mais a Vanessa ou a Keira Knightley??
Eu: E se eu dissesse que sim? Que me fazias? – Nada de muito mau espero eu!! Eu aceito um beijo ou tirares a camisola.
Taylor: Vês? É sempre a mesma coisa! No início era engraçado mas agora já irrita! Estou farto! – O Orlando Bloom já irrita? Estás mesmo a pedi-las Lautnerd!
Eu: Tens razão, hás de ser sempre um nerd idiota! Há coisas que nunca mudam.
[Dou-lhe um estalo e desato a fugir. Posso ter pouca força, mas este saiu-me mesmo bem!!! Porque é que estou contente com isso?]
 
Quando parei de correr, reparei que estava muito longe da escola, isso significa que devo ter corrido muito, o que é estranho porque eu normalmente nas aulas de Educação Física estou sempre a limar as unhas ou a retocar a maquilhagem ….. Mas continuando, lá estava eu, no meio de uma rua completamente desconhecida, completamente sozinha, completamente desprotegida, completamente… Ok, “modo de lamechice OFF”…. Foi quando vi um parque infantil, e como já devem ter percebido hoje eu não estou em mim, por isso fui para o parque e sentei-me num baloiço  e comecei a baloiçar, ate que o meu equilíbrio perfeito me traiu e cai mesmo e cara no chão…. Sim doeu muito, e provavelmente vou ficar horas a tirar areia do cabelo.
Foi quando vejo as sapatilhas mais lindas de sempre, e quando olho para cima vejo a cara mais linda de sempre, e não era o Orlando Bloom.
 
Eu: O que estás a fazer aqui? Se estivesse no teu lugar nunca mais me queria ver, nem pintada de ouro - MENTIRA! O meu Hobbie preferido (tirando compras e olha para o Orlando Bloom sem camisola) é olhar para o espelho… bem, os que a Vanessa não partiu. . .
Taylor: Se me vais dar outro estalo, eu vou já embora [E estendeu a mão para me ajudar a levantar]
Eu: NÃOOO! [Peguei na mão dele, tão macia como sempre, de ter sido por causa do creme hidratante que lhe dei] Já agora, como é que me encontras-te?
Taylor: Estás a ver aquela casa ali? – Disse isto enquanto apontava para um casa, super pirosa no outro lado da rua.
Eu: Ya, que horror, quem é que não via? Aquele amarelo horrível chama a atenção. Tenho tanta pena das pessoas que vivem ali – E depois lembrei-me que com a minha sorte fantástica essa pessoa ia ser ele.
Taylor: Essa pessoa sou eu – DUHHH- e não é assim tão mau como parece. Pelo menos eu e a minha família somos muito unidos, por exemplo, quando foi a última vez que falas-te com a tua mãe?
Eu: Ela ligou-me ontem antes de entrar na Oprah, e pediu-me desculpas por não me ter ligado no meu aniversário, e que me ia dar uma super prenda para compensar – Vindo da minha mamã, a prenda vai ser ir a estreia do novo filme dela, mas isso é melhor que nada, da última vez que fui a uma vi o Orlando Bloom e desatei aos berros, e a minha querida mamã fez de conta que não me conhecia e deixou os seguranças expulsarem-me.
Taylor: E quando foi o teu aniversário?
Eu: Nove meses atrás – Mais vale tarde do que nunca.
Taylor: É isso que eu quero dizer, não sentes falta de uma família? – Vê-se mesmo que andas a ler aquelas revistinhas, que consideraram a minha mamã  a actriz mais querida de Hollywood.
Eu: Podemos parar de falar sobre famílias, isso põe-me deprimida – E a depressão faz rugas.
Taylor: Então vamos falar sobre o facto de que tu saíste comigo por causa de um vestido, e depois me deste um estalo? – Eu preferia passar já a acção.
Eu: Sorry! Mas tu disseste mal do Orlando Bloom, como é que ficavas se dissessem mal daquela rapariga de que tu és completamente maluco? – É impressão minha ou eu fiquei cheia de ciúmes quando disse aquilo?
Taylor: Eu uma vez dei um murro ao Manny quando estava a dizer mal de ti – Ele acabou de dizer que era completamente maluco por mim? Não foi a minha imaginação, vocês também ouviram ,não ouviram?
Eu: [Fiz aquele beicinho que eu sei que ele adora] Desculpa?!
Taylor: Como é que eu posso dizer que não a esse beicinho?
 
[Ele começou-se a aproximar de mim e eu feita estúpida paralisei, e aposto que estava com a cara mais parva do mundo e provavelmente cheia de baba… Mas mesmo quando as nossas bocas estavam praticamente coladas….]
 
XXX: Taylor Daniel Lautner! Estás em grande sarilhos!!! – Afastei-me do Taylor L e olhei para a gaja que estava a interromper o meu momento. Primeiro pensei que ela era uma ex do Taylor ou qualquer coisa assim mas depois olhei para ela e a miudinha tinha para ai uns 12 anos. De certeza que era uma miudinha que achava que algum dia ia ter esperanças com ele.
Taylor: Makena, podemos falar noutra altura, eu estou um bocado ocupado agora – Toma miudinha, ele já esta comprometido, e quem é que se chama Makena? Quer dizer, depois do Spencer eu já não me pronuncio sobre nomes.
Makena: Ok, mas a mãe disse que estava farta de te cozer os boxers, eu compreendo que tu adores aqueles boxers com coelhinhos da Páscoa, mas já os rasgas-te 6 vezes, a mãe esta farta! – Ela disse mesmo o que eu ouvi? [Eu bem que tentei, mas não me consegui controlar e desatei a rir]
Eu: Boxers com coelhinhos da Páscoa? UAU isso é tão sexy – Se pensarmos bem até é…. OK, eu já pensei bem e nop, nada sexy.
Makena: E tu deves ser a Selena! Sem ofensa mas eu já estou farta de ti, e nem te conheço… Não é que esteja farta de ti mas o Taylor não fala de outra coisa, antes era Xadrez, TPC’s, o novo software para o PC dele, pelo menos variava mas agora é Selena, Selena, Selena até fala em ti quando esta a dormir. – Eu antes também falava a dormir, mas desde que uso a minha luzinha de presença nunca mais falei.
Eu: Pois…eu também já deitei fora QUASE tudo o que tenho do Orlando Bloom, até o meu desodorizante com a cara do Orlando Bloom na ceninha que rebola…e UH, isto é nojento! – Foi um presente da Dionísia! Mas foi o melhor presente de SEMPRE o que não é difícil porque o segundo melhor presente foi do namorado 361 da minha mamã e foi um presunto.
Taylor: Uau…corajosa!
Eu: Ohh, obrigada xuxuzinho! – Soou tão mal quanto me pareceu?
Makena: OK, eu podia continuar aqui ou podia ir-me embora e… escolho ir embora!
Eu: Xau, foi um prazer conhecer-te Malena!
Makena: Diz-se Makena! Tipo a gaja que canta country mas que não é assim tão country e que em vez de tocar banjo toca violino e que tem cabelo preto, ou que não tem cabelo, não me lembro e… - ??? Sim,  foi o único em que consegui pensar!
Taylor: Ei mana, já te podias pirar... – O sentimento é recíproco. Yuhh, palavras caras!Makena: Ou melhor, porque é que não jantas lá em casa esta noite? Os meus pais iam adorar conhecer-te, principalmente o meu cão. Acredita, ele já tá mais farto do que nós de ouvir falar de ti! – Algo me diz que o cãozinho não vai gostar lá muito de mim.
Taylor: Achas mesmo? Isso seria…
Eu: …um prazer! – Eu AMO acabar frases ainda mais do que ver filmes do Orlando Bloom! Não, por acaso não! – [Ponho o braço à volta dos ombros da Makena] Sabes Tay, eu tenho um feeling que eu e a Makela vamos ser muito chegadas!
Makena: MAKENA!
Eu: Isso! – Não posso ser boa a tudo! Ás vezes esqueço-me do meu próprio nome tipo quando vejo o Taylor sem camisola!
Taylor: Ok, se é isso que queres. . . – Ninguém disse isso! Se me tivesses perguntado directamente eu dizia que queria conhecer o Orlando Bloom OU ver-te sem camisola! Já não tou tão obcecada, ah pois é!
Makena: Força, vamos entrar!
 

                                                                                                                                            Peace@

sinto-me: Feliz por postar!!!
música: The Way I Loved You - Selena & The Scene
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Parabéns Nicky!!!

Hey people!

Desculpem a demora, temos andado com uma crise de "pouca imaginação"!

 

OK, mudando de assunto aqui esta uma montagem dedica a Nick Jonas que faz 17 anos hoje!!!

 

 

 

                           

xoxo^^

 

                                                                                      

                                                                                                                         Peace@

sinto-me:
música: Uprising - Muse
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

Votação: Onde é que o Tay está mais HOT?!

Hey people!

Pois...ando com sérios problemas de coração e perdoe-me mas não resisti, então decidi fazer uma votação!!

Se calhar faço mais votações, é giro para sair da rotina de capítulos, capítulos, capítulos!!!

Espero que também fiquem sem respiração!

 

xoxo^^, 

   

               a WebMiss 

 

 

 

A)

 

 

B)

 

C)

 

D)

 

 

E)

 

 

Opinião: Sei lá, TODAS, por isso é que fiz esta votação!

Vencedora: XXX

Próxima Votação: Nem sei se vai haver uma próxima, mas se houver ou é relacionada com o Tay, ou com a Selly ou ainda com a Demi visto que é a Artista do Mês!!!!

 

 

 

 

                                                                                                                                                           Smile@

 

 

 

sinto-me: Sem respiração.....OMG!
música: Party in the USA
Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

Capítulo 9

Hey people!

Finalmente consegui acabar, ALELUIA!

Eu sei que no ínicio parece um MONTE de texto enfadonho para ler, mas acho que se lermos mesmo até nem tá mau de todo!

Não se esqueçam de comentar, tá?!

 

________________________**__________________________

 

 

OK, acho que não é preciso dizer quem era!
 
Tenho poucas memórias do que aconteceu a seguir, só me lembro de acordar com as mãos e os pés atados, estava escuro, tentei sentar-me mas bati com a cabeça em algo duro!
Tive de me manter deitada, no fim do universo!
Passado algum tempo concluí que afinal estava sóooo na mala de um carro!
Claro que sim, pff, é que TODA a gente costuma ficar atada dentro da mala de um carro!
 
Devo ter estado dentro daquela mala uma meia hora, sem exageros, a minha sorte é que havia lá ar, e estava “muito bem” até me lembrar que tenho claustrofobia! AHH!
 
Quando o carro finalmente parou, ouvi uma porta a bater e alguém a abrir a mala. Decidi fingir que continuava desmaiada, até ressonei!
 
Robert: Epah, esta rapariga ressona como um porco! – Acabei de me lembrar que as pessoas desmaiadas não ressonam! A sorte é que ele é burro. E eu não ressono como um porco, tudo bem, todos os meus empregados me dizem isso, mas é só para que eu coma os legumes! Agora vendo bem, ressonar e brócolos não têm nada a ver!
 
Ele levou-me ao colo, ainda bem que fingi senão tinha que ir a pé, mas vendo bem, foi nojento tar no colo dele, ele cheirava a tabaco da cabeça aos pés, mas ao menos ele não tentou fazer-me nada nojento, sim, vocês sabem o quê!
 
Passamos por um cemitério nojento, eu ressonei mais um bocado, ele murmurou qualquer coisa de que eu peso mais do que parece, que não me fazia mal eu ir ao ginásio, aí fiquei fula e ronquei tão alto que os mortos acordaram todos e admito, eu parecia mesmo um porco!
 
   De repente arrisquei e abri outra vez os olhos e vi que estávamos numa floresta [ele e mesmo rápido!], passamos a floresta e chegamos a uma cabana feiosa parecida com a casa do namorado nº 349 da minha mãe!
 
   Não queria imaginar o que havia lá dentro e fechei os olhos com a máxima força que consegui, comecei a sentir um cheiro a mofo [Ugh! Ele que não limpe a casa, que eu não quero! ], mas quando ganhei coragem para abrir os olhos....
 
 
^^^^ 
Quando me dei conta já se tinham passado 10 minutos, decidi ir procurá-la, talvez fosse esse o objectivo dela, ou se calhar está enfiada no seu mundo encantado a tentar decidir qual dos óleos vai fazer a minha pele mais brilhante e sedosa, ás vezes não percebo o que é que ela tem na cabeça…
 
Fui à cozinha, passei pela Dionísia que estava a fazer o jantar e a cantar uma música  alemã, cheirava mesmo bem, talvez convença a Selena a deixar-me jantar em casa dela, a comida é mesmo o meu ponto fraco.
 
Eu: Ah…boa tarde! Onde é que está a..
Dionísia: A menina Selena está lá em cima, no quarto de banho! – Sempre me questionei se a Dionísia não nenhuma vidente, ela tem um aspecto demasiado simples para isso, mas nunca se sabe. No clube de informática muita gente acredita em E.T.’s, mas eu prefiro fazer downloads de filmes de terror para assustar a Selena. Não percebo porque é que ela gosta tanto de fingir que não tem medo.
 
Subi as escadas e fui à casa de banho. Ela não estava lá. Talvez me tivesse enganado…Passei o andar de cima a pente fino, mas ela não estava lá. Estaríamos a brincar às escondidas?! Conhecendo bem a Selena, o mais provável era ela estar escondida à minha espera, mas não tava com paciência para isso, quando era puto detestava que me fizessem isso, por isso sentei-me no sofá à espera dela. Passaram-se 5 minutos mas ela não aparecia.
 
Fiquei alarmado, normalmente a Selena nunca sai mais de 5 minutos da minha beira, costuma parecer uma lapa.
Disse adeus à Dionísia, não me pareceu certo assustá-la quando o mais provável era a Selena ter fugido para o centro comercial para comprar um óleo de abacaxi [no outro dia ela disse que o meu tipo de pele e o abacaxi são como pão e manteiga, e qualquer coisa dela não gostar de manteiga] e de repente viu um vestido lindo em saldos, andou à luta com uma gaja e quando conseguiu o vestido, foi para a caixa onde deve estar uma fila de 300 metros e ela com aquele cérebro de amendoim deve ter pensado que eu adormeci ou que ainda tou a escolher o filme.
 
Peguei no casaco [Aquele porque quem a Selena se babou literalmente no outro dia e que me obrigou a comprar. Desculpei-me dizendo que não tinha dinheiro, não tinha mesmo, e ela ofereceu-mo. O casaco custava 90€ e estava com 30% de desconto, só para imaginarem…] corri até ao carro, liguei a ignição e o motor roncou [Ainda mais do que a Selena, acreditem, é difícil!]. Saí do carro, e fui ver o que se passava. Nunca percebi muito de carros, só tirei a carta à 3ª vez, mas consegui perceber que definitivamente tinha acabado de estragar a minha prenda de anos. [OK, até agora sei que ainda não sei onde está Selena e que o meu pai me vai matar e vai-me proibir de ir à biblioteca este mês…só agora é que me apercebi de como isto me soou uma fatelisse…]
 
Não pensei em ir à polícia, eles nunca iriam perceber o meu ponto de vista: “ A minha namorada foi buscar-me óleo hidratante e desapareceu”, seria muito estúpido! Agora tinha que arranjar um carro, mas como?!
 
Decidi pensar como a Selena, ela safa-se sempre. Sentei-me num banco de jardim, em frente a uma paragem de Táxis e comecei a pensar como ela. Olhei para baixo, pensei, e pensei outra vez [Porque é que 20’s a matemática não nos fazem arranjar forma de encontrar a nossa namorada excêntrica desaparecida?! ] de repente olhei ligeiramente para cima e só me veio uma palavra à cabeça: IDIOTA!
OK, ia roubar um Táxi, mas nunca pensado como a Selena senão ia mascarar-me de Taxista, levar uma velhota a um lar de 3ª idade e só depois arranjar forma de a procurar!
 
Meti conversa com o Taxista que me pareceu mais simpático [Caso a cena corresse mal] e disse-lhe estavam a oferecer hambúrguers de borla no café que estava ali perto. Que posso dizer? Conheço os homens! OK, admito, tive esta ideia porque a Selena no outro dia me disse que estavam a dar cachorros à borla só para ela poder ir comprar uma mala qualquer de um Luis Votão, ou lá o que era.
 
Mal ele saiu da beira do carro, meti-me no carro, procurei a chave, e não estava na ignição. Rezei a Deus para não ser apanhado [Depois lembrei-me que não me lembrava de como se rezava desde que a minha mãe me tirou dos escuteiros quando dois miúdos mal aprenderam o a fazer um nó me prenderam a uma árvore e eu fiquei lá preso a noite inteira.] até que encontrei as chaves no banco do lado.
 
Liguei o carro, e pus-me a caminho à procura dela. Perguntei a toda a gente que encontrei se a tinham visto, mas todos disseram que não, mas sinceramente a foto que eu tinha dela não era a melhor visto que ela detesta fotos de câmaras que não sejam daquelas todas estúpidas das photoshoots.
 
Quando pensei em desistir e voltar a casa dela vi o carro do stôr Rob à porta do cemitério, e isso chamou-me a atenção.
Larguei o carro, respirei fundo e entrei no cemitério, admito que tava todo arrepiado, eram quase 22h!
Não encontrei nada, podia estar enganado, mas o carro era mesmo igual, foi então que encontrei a pulseira favorita da Selena à saída do cemitério, numa entrada de uma floresta.
 
Reconheci logo a pulseira visto que é a única peça de joalharia que ela usa mais que uma vez [Segundo ela é a pulseira do Orlando Bloom, que ela comprou num leilão das coisas velhas dele, desde aí ela nunca mais a tirou. Acho que não é preciso dizer que odeio o Orlando Bloom. E que o quarto dela é arrepiante, tá todo cheio de posters e altares do Orlando. Não sei o que é que ela vê em piratas, mas também não sei o que é que ela viu em mim. Posso estar a ser mau, mas às vezes pergunto-me quais foram as razões para a Selena me convidar para sair e nenhuma delas deve ter sido por me achar interessante ou até giro. Não me considero uma bomba, mas acho que as mudanças da Selena me ajudaram visto que agora na escola toda a gente olha para mim, mas sem troçar. E algumas raparigas ficam com os olhos grandes e a boca aberta tal como a Selena.]
 
Andei um bocado pela floresta, ouvi todo o tipo de ruídos assustadores,[ainda bem que a Selena não estava comigo, ela ia-se borrar toda, se bem que á frente dela eu não iria parecer assustado, isso iria ajudar imenso] até que encontrei um foco de luz, comecei a correr em frente todo maluco até que tropecei numa pedra e caí numa poça de lama. Acho que a Selena me anda a influenciar demasiado.
OK, estava definitivamente todo porco e nojento e penso que a sangrar, mas não liguei e segui em frente.

Parei à porta daquela cabana. Pensei em bater a porta mas se o Robert tivesse raptado a Selena não convinha muito bater à porta.
Respirei fundo, contei até 3 e depois lembrei-me que aquele tipo podia estar a fazer tudo à Selena, mas não podia hesitar nem abrir a porta com um estrondo.
 
Fechei os olhos, subi ao telhado e encontrei uma janela no tejadilho.
Não pensei que espiar fosse a opção mais correcta, mas também não podia arriscar  em arrombar a porta da casa de um desconhecido!
 
Mal cheguei a beira da janela, olhei para dentro e arrependi-me de tudo, mas de tudo mesmo! Vi a minha vida a passar-me à frente dos olhos e entes que pudesse fugir o telhado cedeu e eu caí…
 
 ^^^^
No dia seguinte…
 
Eu: Hey Tay, sentes-te melhor? – Espero que ele não esteja chateado comigo, mas acho que neste momento nem um óleo de abacate iria resultar.
Taylor: Que se passou? – “Sabes eu estava a beijar o meu professor de música depois de ter falado com ele e ele me pedir desculpa por tudo e eu não sei como beijei-o, depois tu que não sei como estavas a espiar-nos!, e de repente o telhado cai abaixo contigo em cima!” Não o posso torturar assim!
Eu: Hm…estás no céu, e eu sou o teu anjo da guarda! Como foste muito bom menino podes ficar aqui, o inferno não foi feito para ti! – OK, até a minha prima de 5 anos inventava melhor!
Taylor: Hã?!
Robert: Selena… - Odeio quando me chamam com aquele tom de voz de:” Hello! Ele não é burro!”
Eu: Ok, mas como bateste com a cabeça podes ouvir coisas tortas, não lhes ligues!
Ok….o Rob raptou-me mas só queria falar comigo, pediu desculpa e…nós beijamos-nos! Eu peço desculpa, não foi de propósito, eu adoro-te mas ele pôs velas com cheiro a coco, e o ambiente estava tão romântico e….de certeza que ele fez de propósito! - Não era o melhor momento para acusações, mas estava cheeeia de medo. Ele tem quase o dobro do meu tamanho, ainda saia dali magoada!  
Robert: Ei!
Taylor: Ah, já me lembro. Tu vais pagá-las! – Em cartão ou em cheque?! OK, mau momento para piadas.
Eu: Quem?!
Taylor: Sei lá! Nem quero saber. E porque é que me dói tanto a cabeça?!
Robert: Porque talvez, e só talvez tenhas batido com ela e…rachado. E tenha havido muito sangue e a Selena quase se suicidar e…
Taylor: What? – OK, o Rob tava a tentar safar-me! Bem preciso de ajuda!
Eu: Pooois… [sento-me á beira dele] Eu não consigo viver sem ti! [Faço olhinhos] – Safei-me?!
Taylor: Hum..nós falamos depois. Estamos no hospital?!
Robert: Yap…e eu vou deixar-vos a sós! – Nãaaaso!
 
[Ele sai]
Eu: Estás chateado? – Eu acho que não!
Taylor: Epah, tu beijaste-o! Nas minhas costas! – Não me digaaaas! E que ainda não tinha percebido isso?!
Eu: Eu sei, mas desculpa, eu só gosto de ti! [aproximo-me dele e tento chegar-lhe aos lábios!] Só tu e mais ninguém!
 
[Quando finalmente cheguei aos lábios, entram na sala o Joe, a Demi, a Miley e a cabra da Vanessa. Ela ao ver-nos a beijar-nos decide abrir aquela boca mal cheirosa!]
Vanessa:
Ela só saiu contigo por causa de uma aposta!
Demi: O quê?
Miley: É mentira!
Joe: Uh-oh!
Vanessa: Por causa do vestido da Demi! Nem penses em fugir Selena, diz-lhe a verdade!
Demi: Vanessa, não sejas estúpida!
Eu: Não, eu…eu desisti e a Demi não tem nada a ver com isso e eu…desculpa! [começo a fugir….]
sinto-me: Á espera que todos gostem!!!!^
música: Masquerade!
Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Votacão

Hey people!

 

Aqui está a votação, mas primeiro queria avisar-vos que mudei o nick para: Disney_Teen

O antigo era tao comprido e enfadonho!

Se ja existir alguma Disney_Teen avisem, plz!

 

Ah, só uma coisa se não se importarem podem também dar uma sugestão para o titulo da historia que escolherem, de preferência que seja o título de uma musica da miley, mas tambem podem dar outras sugestões claro, é que não ando com muita imaginação!

 

Espero que gostem das ideias, e das capas das duas historias, que ainda nao sei se vao servir de cabecalho, mas logo se vê, também ainda não tenho a certeza quando é que a fic actual vai acabar.

 

Hipótese A

 

 

Esta ideia fala de uma rapariga com dupla identidade (acho que toda a gente conhece a Hannah Montana) e que se apaixonou por dois rapazes, um em cada identidade, e depois eles descobrem e obrigam-na a escolher...etc.

Acho que ja perceberam!

 

Hipotese B

 

 

A Hipotese B fala de uma rapariga que nunca se adaptou, nem mesmo na escola nova, em que o seu unico amigo é o tipo que ela conheceu na net.

Esta ideia ainda nao esta bem pensada mas ja consideramos varias hipoteses:

- O Nick era o amigo virtual dela só que ela não sabia

- O amigo virtual era um perseguidor que se encontrava com ela e a raptava.

 

 

Espero que gostem das ideias!

 

Agora é a vossa vez de votar!

 

Nao se esquecam de sugeir titulos!

 

Tambem podem dar ideias e opiniões!!!!!!!!!!!!!!

 

 

xoxo^^

Peço imensa desculpa!

Hey people!

 

Desculpem por não ter andado a postar mas é que eu tenho feito isto tudo sozinha e não tenho tido imaginação NENHUMA, e acho que é melhor esperar por ter um momento mais Zen e fazer algo decente do que fazer uma treta qualquer que até os cotas achem enfadonho"

 

Mas talvez daqui a alguns dias poste uma votação sobre a nova historia, tenho tido algumas ideias!

Posso-vos adiantar que a personagem principal vai ser a Miley!

Ah, e a ideia que perder vai ser usada na historia seguinte, acho que sao as duas ideias diferentes mas engracadas

 

Vou so fazer umas montagens e depois [em principio amanha] posto a votacao!

 

 

xoxo

Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

Parabéns Dem'z!

Parabéns Demi, hoje o dia é teu!

Muitas felicidades!

 

_______________**____________

Hey pessoal, esta montagem é dedicada à Demi, espero que ela tem um dia 5*****

 

 

xoxo^^

sinto-me: Com vontade de festejar!
música: Here we go again!!Duh!
Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Capítulo 8

Hey pessoal, finalmente voltei de férias!

Aqui está o novo episódio, espero que gostem!!

 

                                      ________________**_________________

[Na minha sala, infelizmente já vestidos. Mas se ajudar a t’shirt dele estava molhada na parte dos abdominais! WOW!]
Eu: OK, o que é que queres ver?! Temos o Scary Movie, o What Happens in Vegas
Taylor: Não eram os Piratas das Caraíbas? Com o Orlando Bloom?! Qualquer coisa do género?! – E com a Estúpida Knightley!
Eu: Isso é muito pouco romântico! Que tal o Exorcista?!?! Uhhh!
Taylor: Isso é a tua definição de romântico? – Agarrar-me a ti nas partes assustadoras soa-me muito romântico!
Eu: Talvez... – Ainda me lembro da última vez que vi esse filme! Quando fui dormir passei 10 minutos dentro do meu armário (ele é mesmo grande) a desenterrar todos os meus antigos peluches (muitos deles sem cabeça - eu era mesmo raivosa) e a encher a cama com eles, depois pus todas as minhas luzinhas de presença em todas as tomadas disponíveis no andar de cima de minha casa (acreditem tenho uma colecção enorme!) até que bateram à porta. Como tavam todos a dormir ninguém ouviu e eu que estava toda assustada, tive de ir lá. Quando abri a porta, afinal eram os meus vizinhos a queixarem-se que não conseguiam dormir com tanta luz! ):
Taylor: Não é muito assustador para ti? – Quem consegue ver o beijo do Orlando Bloom e da Croma Knightley sem vomitar vê o Exorcista como quem vai para Marte! – OK, o Marte já irrita!! Tenho que arranjar piadas e obsessões novas!
Eu: Claro que não! Desde que te tenha a ti e à minha luzinha de presença por perto tasse bem! Pára tudo! A minha luzinha deixou de ser segredo! Mas entre ele descobrir da aposta e da luzinha…a luzinha é pior mas provavelmente ele fica mais chateado com a aposta! Vendo bem, nem quero pensar como é que ele vai ficar se descobrir…já tou a imaginar: Eu e o Taylor, com 60 anos, eu perfeita como sempre (e ele também, não quero um marido que pareça todo cota) com o Taylor Júnior, a Selena Júnior e o Travis…o que é que foi?! O que muita gente não sabe é que eu sempre quis ter um filho chamado Travis! Eu sei que estraga tudo, mas eu quero! E acreditem, eu tenho sempre tudo o que quero!! OK, já pareço uma psicopata!! ;D Como tava a dizer..Eu e o Taylor casados, com uma vida perfeita e de repente…ele descobre da aposta…divorcia-se de mim, fica com a Selena Júnior, o Taylor Júnior e com o Travis (O Travis nãaaao)!!! Saca-me 100 mil euros e mete-me a viver num bairro de lata e ele casa-se com a Vanessa…UHH! Ele deve preferir casar com um porco do que com ela!! Eu preferia! Os porcos são mais civilizados e inteligentes que ela!
Taylor: What?! – Ohh, ele também gosta de Inglês! Wii!!
Eu: Amigo…tu nuuunca ouviste isto!
Taylor: Ohh, eu até acho sexy! Uma luzinha de presença…– Ah, ele disse sexy, ele disse sexy!! Ele acha a minha luzinha sexy! Oh yeah, oh yeah! A minha luzinha não é assim tãao gira, mas dá uma luz tãoo fofa! Dá mais luz que um holofote, e visto bem já percebi porque é que o meu cãozinho desistiu de dormir comigo! E já percebi porque é que o meu rato morreu. A Dionísia disse que era por eu lhe dar comida a mais, mas eu acho que foi por ele se chamar Vanessa! Isso mesmo, era um rapaz! O nome ficava-lhe a matar! Mas sempre tive pena dele, sempre que a Vanessa me chateava era ele que levava! Mas agora que ele se foi vou tentar vudu! (RIP Vanessa the mouse)
Eu: …do rato Mickey! Não é tão fofo, o rato Mickey! Tem orelhinhas tãoo fofas! E eu acho-te sexy a dizer sexy! – Agora que penso bem, o que seria de mim se o Taylor lesse os meus pensamentos tipo o gajo bom do Crepúsculo que é super parecido com o Robert?! Uhh, assustador.E surpresa: Eu penso! É impressão minha ou acabei de me ofender?! Nãaa, acho que não!
Taylor: E eu acho-te sexy a dizeres que me achas sexy a dizer sexy!
Eu: E eu…perdi-me! – Para variar ):
Taylor: És tão gira…
Eu: Eu sei!
Taylor:..quando te perdes… - Uh!
Eu: Pois…Ah, tu também és muito giro quando…me enterras completamente! – OK, por esta altura já devo ter batido o recorde do Guiness para: Maior número de humilhações e barracas por causa de um rapaz super bom!! - Mas já me aconteceu pior!
Taylor: Quando?
Eu: Quando me enganei e confundi o Orlando Bloom com o empregado da caixa do supermercado. Queres um pequeno diálogo?!
Taylor: Se depois decidires o filme, sim!
Eu: OK! Então aqui vai:
 
Há muito muito tempo atrás…por acaso 2 semanas!
Eu: [pago as minhas compras: um livro sobre como ficar linda só com base, rímel e lipgloss – é praticamente impossível, a menos que já sejamos lindas!] Obrigada! OMG, tu és o Orlando Bloom!!
Empregado: Não, não sou! Tem calma!
Eu: És, és! Eu reconheço o Orlando Bloom à distância!
Empregado: Não, sou o Spencer o empregado da caixa!
Eu: Tu não me enganas com esse nome da treta!
Spencer: Ei! Foi o nome que o meu pai me deu!
Eu: Ah é, e como é que ele se chama?! Boris?!
Spencer: Não, e que mal é que tem o nome Boris?! É o meu segundo nome!
Eu: Sinceramente não sei…ah, é por existir um elefante chamado Boris no Zoo que me comeu os amendoins na visita de estudo do 6ºano…Mas o que é que eu estou a fazer, tu és o Orlando Bloom!
Spencer: Não, não sou. Já disse, sou o Spencer!
Eu: Não, não és, e esse nome é horrível! [viro-me para toda a gente] VEJAM! O Orlando Bloom está aqui e tem um bigode falso e um emprego fatela.
Spencer: Não é falso!
Eu: Tem que ser! O Orlando não usa bigode [viro-me para ele e tento arrancar o bigode - admito que não tenho muita força mas daquela vez a culpa não foi da minha força, o bigode não saiu mesmo!] Uh-oh!
Depois virei-me para trás, e vejo um enorme grupo de adolescentes raivosas, sequiosas do que naquele momento estava sob minha atenção, debaixo do meu olhar profundamente confuso, verdadeiramente e terrivelmente…
Taylor: O que aconteceu ao Spencer?
Eu:…deixa-me acabar! Tinhas que estragar o meu momento poético? Isto tava a ser mesmo importante visto que tirei nega a português! Continuando…
Bem, eu consegui saltar, infelizmente parti uma unha ao aterrar!
Eu safei-me, mas o pobre Spencer…
Taylor: [assustado] O Spencer morreu?! – Ele fica tãao fofo assustado!
Eu: Não, o Spencer partiu um braço e as adolescentes raivosas e sequiosamente apoderadas das suas malévolas vontades…o que é que eu estou para aqui a dizer?! Não tou a perceber nada!
Taylor: Também me estava a questionar sobre isso…
Eu: Estávamos a falar de…
Taylor: As adolescentes psicopatas…
Eu: Ah! Arrancaram-lhe tudo o que tinha vestido! Má visão, sem dúvida! – Ele era um frangalhote sem abdominais nenhuns, e umas pernas de alicate! UH, fiquei arrepiada! Nada a ver com o Orlando Bloom!
Taylor: Obrigado mas já me chega de desastres por tua causa! Ainda não parei de pensar no coitado do Spencer…quem é que se chama Spencer?!
Eu: Um tipo muuito parecido com o Orlando Bloom! - Mas só de cara! De corpo..Uhh!
Taylor: Pois…que mais tens?!
Eu: Só o Exorcista, ah, e o House of Panic!
Taylor: Nã, nã…algo menos violento!
Eu: Tipo o quê?! Como formatar um computador em 3 simples passos?! – Eu sei foi muito baixa, e, como é que eu sei que esse filme existe? EU tenho esse filme! O meu desastre!
Taylor: Uh, foste mazinha!
Eu: Eu sei! – Sou uma bruxa má! Mas uma gira, não daquelas tipo a cota da Branca de Neve!
Taylor: Lena, posso estar um bocadiinho diferente – Um bocadinho?! Amigo, tu tás um pão! Graças a quem? Graças a quem? - mas sei formatar um computador em apenas 2 passos e…
Eu: E…
Taylor: Ainda vou as reuniões da loja de informática?? [Faz um olhar tipo: Eu sei, sou culpado! Não me mates, não me mates!]
Eu: Mas eu fui má na mesma! [sento-me no colo dele e faço um olhar inocente] E agora?! O que é que me vai acontecer?! – Talvez beijar-me, ou dar-me uma prenda! A Selena Júnior, o Taylor Júnior e o Travis vão adorar os meus castigos!
Taylor: Sei lá! Podíamos ver esse filme de como formatar um computador…
Eu: Nem penses! Nem morta, nem que me caiam os dentes! – Será que fico gira sem dentes?!
Taylor: …ou…podes fazer-me uma massagem! A sério, acho que dei um mau jeito ao músculo quando te mandei para a piscina! – OMG, chamas a isso punição?!
Eu: Claro, porque não? Vai ser muito “engraçado” fazer-te uma massagem enquanto vemos o Exorcista – Só engraçado?! Vai ser lindo, perfeito, vai ser WOW!
Taylor: Nem penses! Não quero que as minhas costas sofram enquanto tu te borras toda! – Ele deve ter umas costas lindas!!! Ah…E eu não me borro! Isso é o que a Vanessa fazia! E tou a falar da Vanessa mesmo, não do meu rato! No infantário sempre que víamos a Quintinha do Porquinho Manny (que se devia chamar Vanessa) e aparecia o burrinho Trôt Trôt mascarado de palhaço, a fralda da Vanessa…digamos que nunca acabávamos de ver o filme!
Eu: OK, então esquece o filme, tenho lá fora uns óleos corporais vindos directamente de Paris! Ou é de Itália?! É que isso muda tudo! É que…
Taylor: Minha, eu só queria que me tirasses esta dor das costas! – Meu, podes querer que tiro!
Eu: Eu faço muuuito melhor! E não me chames minha, meu! Isso é tão 2002! Agora vamos á massagem, preciso de ver algo bom hoje!
 
[No meu SPA privado]
Eu: Então…acho que podes tirar a camisola, se quiseres! – TIRAAA!
Taylor: Só se prometeres não desmaiar. – Vou tentar, mas não é fácil!
Eu: Claro que não, pff…eu desmaiar, nunca na vida, nem morta (ele tira a camisola) OMG, acho que vou mesmo…
Taylor: Não, não vais, estás-me a embaraçar! – Eu sou tãao má!
Eu: Istoé QUASE melhor que o Natal! – Ouviram bem, não há nada melhor que o Natal!
Taylor: Então o Natal é melhor que eu?! Prova-o! – Ele fica tãao fofo a desafiar-me!
Eu: No Natal cada um dos namorados da minha mãe me dá uma prenda! – Ele ficou tipo :o.
Taylor: Isso é absurdo! – Ele fica tãao fofo a dizer absurdo! Vendo bem..quando é que ele não é fofo?! Resposta: Quando usava suspensórios! Mas adiante…
Eu: Eu sei, mas mesmo depois de eu ter nascido, TODOS me dão prendas no Natal! Não é fantástico?! – Duh! Eu sou fantástica, tem que ser fantástico!
Taylor: Depende do que eles te derem!
Eu: Prendas caras!! Por causa da minha mãe, não por minha causa claro! )= - Fiz beicinho, como quem ia chorar! Ele ficou todo derretido, OMG, vou desmaiar outra vez!
Taylor: Ohh, vais chorar?! – Baba e ranho! Uh, não, seria nojento! Aposto que 50% dos rompimentos são por causa das namoradas ranhosas. Epah, outra vez a apostar! [Levanto a mão para me auto-bater mas o Tayzinho (nova alcunha dele) agarra-me antes de eu conseguir]
Taylor: Podes parar com as tuas manias psicopatas?!
Eu: [Acenei que sim]
Taylor: OK! Ao menos as prendas são boas?!
Eu: Uma vez o namorado nº 289 mandou-me um cartão a dizer: Feliz Natal, dá um murro à tua mãe por mim! Esse é o namorado mais simpático e inteligente! Achei uma boa prenda! – Não contem a ninguém, mas dei mesmo um murro à minha mãe!
Taylor: Ok….mais alguma?! Há quem dê prendas más, não?!
Eu: O namorado nº 57 dá-me sempre cuecas da Pré-Na-Tal!
Taylor: AH AH!
Eu: Não gozes comigo! É humilhante! Nunca mais te conto nada!
Taylor: Tá bem, então não te conto que todas as Páscoas a minha madrinha me dá uns boxers da chicco com um coelhinho da Páscoa! – Ele deve ficar tãao querido com boxers da chicco! Pensamento nojento! Yuuu!
Eu: LooL, devem ser lindos! Ao menos não recebeste um perfume da Barbie! – E outro da Hannah Montana, mas esse não é tão mau!
Taylor: Uh, deve cheirar mal!
Eu: Cheira muito mal mesmo!
Taylor: Então…uma pergunta. Sabes quem é o teu pai?! – OK, eu não gosto que me perguntem isso. É tipo…o meu ponto fraco, nem a Vanessa me pergunta isto!
Eu: Ah, lembrei-me que tenho que ter ir buscar o óleo corporal! OMG, vou adorar passar um óleo de pêssego nessa pele! Hã… - Babei-me demasiado alto certo?!
Taylor: Selena, não te babes para cima de mim, odeio quando ficas com os olhos grandes, parece que estás com fome! – De te comer estou com muita!!
Eu: Hã, desculpa! Volto já! – De repente saio, passo pela beira piscina para chegar à cozinha, quando sinto dois braços a agarrar-me pela cintura, ainda pensei que fosse o meu Tayzinho mas aqueles braços eram demasiado precipitados e frios, depois sinto os olhos tapados, e de repente…qualquer coisa me vez desmaiar!
 

 

sinto-me:
Domingo, 2 de Agosto de 2009

Aviso + Divulgação!

Hey pessoal, era só para avisar que vou de férias (FINALMENTE!) mas duvido que vá ter net (só se sacar a um vizinho xD) mas se não arranjar prometo que vou escrever até me doerem os braços e mal volte posto logo!

 

São só 15 dias, e talvez o meu primo me empreste a net portatil!

 

Ah, e as outras donas do blog estão também de férias, e apesar de  uma delas ter net, esta é super lenta e não garanto que consiga fazer nada, mas eu vou tentar falar com ela..

 

Agora as divulgações....

 

http://disney_channel_stars.blogs.sapo.pt/
 

É tudo...

 

xoxo^^

 

Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

Capítulo 7

Hey pessoal, aqui têm o capítulo 7, desculpem ter tirado as imagens, mas percebi que isso me faz postar muito mais tarde!

 

Ah, e quase me esquecia, aqui estão as divulgações xD:

 

 

http://fic_jaredjensen.blogs.sapo.pt
 
http://graphics-reserve.blogs.sapo.pt/
 
http://historiasnileyloveforever.blogs.sapo.pt/
 
http://another-fic.blogs.sapo.pt
 
http://demi_taylor-web.blogs.sapo.pt
 

E agora o capítulo:

 

 

    (As minhas esperanças não estavam muito grandes, estávamos os dois sozinhos na sala e por muito alto que gritasse ninguém me ia ouvir)
 
Eu: Eu sou a Selena, lembras-te a ex que tu odeias e que mandou uma empregada acabar contigo - se um rapaz me fizesse isso eu de certeza absoluta que não o abraçava pela cintura, a não ser o Orlando Bloom, a esse abraçava-o sempre.
Robert: Eu não te odeio, onde é que foste tirar essa ideia? - estive a minha vida toda errada sabes?? Daqui a pouco vão me dizer que a minha mamã é a melhor mãe do mundo, que a Vanessa não é uma cabra e que o Taylor e o Orlando Bloom não são podres de bons!!
Eu: Presumi – Duh!! Como toda a gente presume quer dizer, até eu me odeio um bocado por ter feito isso - mas podes voltar a odiar-me, é que estás a magoar-me.
Robert: Vais dizer que não tinhas saudades, bebé - bebé?? OK, ele pode ser um pouco mais velho mas eu não sou bebé de ninguém. Nem para o namorado nº278 da minha mãe que agora deve ter 80 anos eu sou uma bebé!
Eu: Estás doido? Claro que não! AGORA LARGA-ME!! Olha que eu chamo a polícia!! – Ou o Taylor…
Robert: Como? – Bem visto…
Eu: Telepatia, é muito comum nas raparigas giras!! – Telepatia é o poder especial que o Orlando Bloom gostava de ter, li numa revista!
   Robert: Eu tenho uma ideia melhor (ele começou a aproximar-se até que não sei como… beijou-me) - Nunca me senti tão nojenta na minha vida, os lábios da pessoa que eu mais odiava no mundo, naquele momento até mais do que a Vanessa, estavam a lambuzar-me os meus.
Eu: Pára! - Tentei-me soltar mas ele estava-me a apertar com muita força - Pára! Larga-me seu gay!
 
(Ouve-se uma porta a abrir com grande estrondo, tipo como nos filmes em que o Orlando Bloom chega lá e BOOM!)
Taylor: O que pensas que estas a fazer ó palhaço?? - eu fico sempre contente por ouvir a voz dele mas nunca fiquei tão contente como agora.
Robert: Volta para a creche puto - como ele se distraiu um bocado, eu vi a minha oportunidade.
Eu: Nunca mais faças isso, palerma - e dei-lhe com o joelho na parte sensível dos homens. Deve ter doído!
(Ele caiu no chão cheio de dores e o Taylor desatou-se a rir, com aquele riso que derrete qualquer rapariga)
Eu: Taylor…(Olho para ele como quem diz: Hello, ele beijou-me, não tens nada a fazer?!)
Taylor: Ah, desculpa! (aproxima-se dele, agarra-lhe a gola da camisa e levantou-lhe a cabeça do chão) Nunca, nunca mais toques na minha namorada - OMG!! ele esta a defender-me, ele esta a ameaçar um stôr por minha causa. Eu fui tão estúpida achar isto um nerd sem interesse, acreditem eu já vi o que ele tem por baixo da T-shirt e é bem interessante, até fiquei mais atenta às aulas de anatomia!
Robert: E se voltar a tocar-lhe, o que me vais fazer? - merecia mesmo que lhe partisse os dentes todos.
   Taylor: Isto. (ele levanta a mão e da um murro, mesmo na boca do Rob) - Mas com muita mais força. Foi telepatia, ele adivinhou, acho que começou a sangrar, podia era ter-lhe saído um dente..ou dois…ou todos, não me importava nada !! (E voltou a por o Robert no chão e levantou-se deixando-o a sangrar ali no chão e foi ter comigo) Estás bem? Aquele palhaço magoou-te? - e abraçou-me, como nunca ninguém me abraçou na vida, nem mesmo a Dionísia.
Eu: Estou bem, agora (agarrei-me mais a ele) - senti que podia ficar assim para sempre. Nem a ver os Piratas das Caraíbas senti isso, nem naquela parte em que o Orlando Bloom estava mesmo BOM, ou seja em todas!
Taylor: Desculpa, palitinho -Ok o palitinho estragou completamente o momento!
Eu: Desculpa? Eu é que estava a beijá-lo – era mais ele, mas OK - e tu é que pedes desculpa? - 2º teoria para o que aconteceu, a dos marcianos não foi muito convincente: Eu estou a sonhar, ontem deitei-me muito cansada, e estou a ter o melhor sonho da minha vida. NINGÉM ME BELISQUE!
Taylor: Sim eu nunca te devia ter deixado sozinha com aquele.... com o Robert -É possível ficar a dormir para sempre?
Eu: Tens razão – Já passou tudo, estamos todos bem, acho que posso brincar um bocado com o meu pãozinho... com tuli-creme, lembrei-me agora que não gosto de manteiga!
Taylor: Ai tenho? - fez aquela cara de espantado, eu já disse que ele fica LINDO espantado, e contente, e triste....OK acho que já perceberam a ideia…
Eu: Sim, e só há uma maneira de eu esquecer isto tudo - tentei parecer triste, mas é impossível estar triste, com o Taylor a abraçar-me!
Taylor: O que é? Eu faço tudo por ti - eu devo ter feito muito bem a Deus, ele é perfeito, por dentro e por fora.
Eu: Sabes, depois do que me apeteceu não me apetece muito ir as aulas - fui o mais sedutora possível: mexi no cabelo dele, fiz uma voz super fofa, e ate fiz olhinhos.
Taylor: Queres baldar-te?
Eu: Até já tenho planos - passei-lhe o dedo pela cara e parei na boca - Tu e eu sozinhos na piscina com um sumo de frutos tropicais com duas palhinhas - Frutas tropicais?? Sou alérgica a ananás!!!
Taylor: Já lá estou! Mas é só por causa do sumo - eu vou fingir que nunca ouvi aquilo.
Eu: Muito bem, então podes ficar lá sozinho com o teu suminho! Até logo Robert! - Saio da sala e começo a andar super glamourosa, até que tropeço na mochila da Vanessa, aquela...!! Atormenta-me mesmo quando está a milhas de distância. 
Taylor: [começa a correr e por sorte apanha-me. Ok, nem nos filmes há tanta coincidência!] Eu estava a brincar, achas que eu te ia trocar por um sumo? Nem por um de frutas tropicais. Se calhar por um de manga, mas nunca de frutas tropicais! - ele fica tãaao fofo a dizer frutas tropicais!
Eu: (deito-lhe a língua de fora)Isso significa que aceitas? - Sim sim sim, please!
Taylor: Claro que sim, só um burro dizia que não a uma proposta assim - Eu não quero parecer convencida, nem quero fazer-vos ciúmes mas eu sou a rapariga mais sortuda do mundo, mais sortuda do que a Keira Knightley quando beijou o... Orlando Bloom ): , vocês já sabem!
Eu: Então vamos, porque tens uma piscina com água aquecida à tua espera!
- e a tua namorada á espera de te ver sem camisola!
 
[O caminho ate casa foi, perfeito. E pelo que percebi esta foi a primeira vez que ele se baldou às aulas! Uhh, uma namorada que o está a levar por maus caminhos, algo me diz que os pais dele não vão gostar lá muito de mim]
[Já dentro de minha casa]
Dionísia: Já chegou menina? – não, é a minha gémea malvada que quer roubar os bens da família para se vingar porque nós a abandonamos - Não é um pouco cedo?
Eu: Tivemos furo, e não temos aulas à tarde - Hello! Não vês que estás a mais?!
Dionísia: Querem comer alguma coisa? –Eu queria comer o Taylor, mas tu estás a impedir-me!     
Eu: Não, estamos bem. Obrigada - dei-lhe um olhar daqueles "estás a fazer de vela, vai-te embora"
Dionísia: Ok, então vou voltar ao meu trabalho (vai-se embora)- Aleluia, estava a ver que não.
Eu: Então, eu vou vestir o bikini, lá em cima. Tu se quiseres podes usar uns calções de um dos namorados da minha mãe, o nº 319 deve usar o mesmo número que tu.
Taylor: Tu contas os namorados a tua mãe? - sim qual é o espanto? São a coisa mais interessante dela, principalmente o 218 e o 350! Ah, e o 411 parecia o Orlando Bloom!!
Eu: Até tenho uma lista - Organizada do mais giro para o mais feio.
Taylor: Tu és fantástica, agora vai lá vestir-te que aposto que vais ficar mais fantástica em bikini! -Acho que fiquei tonta, não me importo de cair nos braços dele.
Eu: Eu já te trago os calções, fica aqui á minha espera - Mandei-lhe um beijo pelo ar.
Taylor: Não vou sair daqui.
 
[Fui a correr para o meu quarto tratar da missão “Ficar gira para o Taylor” - eu sei, nome estúpido. Mas não tenho muito jeito para inventar nomes, quando tinha 5 anos chamei ao meu 3º pónei “Sr. Arco-íris Voador”, mas se vos interessar comprei um rato e chamei-lhe Vanessa, mas…continuando… - Retoquei a maquilhagem, penteei o cabelo e vesti o meu melhor vestido de praia, depois percebi que foi uma estupidez visto que ia logo para a piscina, mas o Taylor merecia]
[Arranjei os calções mais giros que havia para o Taylor e voltei para a sala]
 
Eu: Mim estar pronta - eu fico assim quando estou á beira dele, nem me lembro de falar direito.
Taylor: E mim gostar muito de tu assim ..– Ipp!!!
Eu: Mim estar a tua espera á beira da piscina a esperar por tu - Dei-lhe o meu sumo para a mão!
Taylor: Ah..já reparaste no que me deste?
Eu: Sim, o teu sumo de calções! (olho para a mão dele) Ah, desculpa! – Ok, imagina-lo a ele de calções  fez-me pensar ainda menos do que o habitual! Por fim, saí da sala com o andar mais glamouroso que alguma vez fiz, e surpresa: Não caí!
 
[5 minutos depois na piscina]
Eu: Ai que seca! – Será que o Orlando Bloom também demora assim tanto com as namoradas? [Levanto-me e começo a andar pela piscina, de repente oiço um chuveiro, quando me viro para trás para olhar sinto alguém todo molhado a abraçar-me, quando levanto a cabeça vejo o Taylor…SEM CAMISOLA, pode parecer estúpido, mas…desmaiei]
 
[Pouco depois acordo! Estava a ver que não!!]
Taylor: Estás bem ‘mor? – Yah, óbvio que sim!
Eu: Sim, sempre!
Taylor: Desculpa, não te queria assustar! – Eu nunca me assusto! Só quando vejo a cara da Vanessa e quando não encontro a minha luzinha de presença!
Eu: Não, foi do sol! – Ou de ver a pessoa mais bonita do mundo!! A seguir a mim claro!
Taylor: Ah Ok, olha anda cá! Deixa-me ver a tua cara… – Porquê? Será uma borbulha? Eu não posso ter borbulhas eu tenho o maior cuidado do mundo comigo. Tenho um creme para as bochechas, um para os orelhas, outro para o nariz, um para o queixo…por acaso eram dois mas aposto que a Dionísia me tirou um! Fogo, outra vez! [Ia-me preparar para dar um estalo a mim mesma quando ele me puxa, passa-me a mão pela anca e sobe-me pelas costas até aos lábios – Ei copião, também lhe pus o dedo nos lábios!]
Eu: O…o que foi? O que é que eu tenho? - Nada eu sei, mas de vez em quando convém fazer de burrinha inocente!
Taylor: Não sei diz-me tu. – Boa, agora vamos brincar ás charadas com uma piscina de água aquecida à nossa espera!
Eu: Ah, para além de muito calor?
Taylor: Eu digo-te o que EU tenho! Para além de calor sim. Quem é que não tem calor? – Além de ir para a água tenho uma necessidade ainda maior de…
Eu: Me beijar? – Ele fez uma cara surpreendida tipo: Como é que adivinhaste? Não sou assim tãaao burra! Duh! – Bem, as tuas necessidades são as minhas necessidades!
[Ele começa-me a beijar, com aqueles lábios maravilhosos, quentes, muito melhores que os do Orlando Bloom…PÁRA TUDO! Eu não acredito, eu..eu…não disse bem do Orlando Bloom! Mas vendo bem nunca o beijei…OK, enquanto eu me distraía a comparar o Orlando Bloom com o Taylor não sei como chegamos à borda da piscina, só reparei quando comecei a sentir água quente nos pés.]
Eu: Ei, porque é que estamos na beira da piscina?
Taylor: Não gostas de beijos molhados?. – Não daqueles todos lambuzados tipo o do Robert! Mesmo muuuito nojento! Parecia que estava a beijar o meu empregado australiano, ele tem cara de puré de batata que nojo!
Eu: O quê?
Taylor: Olha eu já venho ter contigo.
Eu: A serio, há raparigas que acham rapazes misteriosos e o suspance muito sexy’s mas eu não - Ok no Taylor fica tudo sexy, mas eu sou curiosa, não tenho culpa.
    Taylor: Ok então ‘bora passar á acção? - Mim gosta de acção!
Eu: ‘Bora – [Eu super contente aproximo-me dele para o beijar e a ele pega em mim ao colo] - Ok não era essa a acção que eu esperava mas não esta má. Tudo bem, estar nos braços do rapaz mais LINDO que eu conheço... e não, não conheço o Orlando Bloom: Uma vez fiquei numa fila ENORME de uma estúpida sessão de autógrafos dele, mas quando estava a chegar a minha vez uma rapariga estúpida com a mania que é importante só porque tem um estúpido cabelo com caracóis loiros e estúpidos olhos verdes, rasgou-me o estúpido do meu vestido, mais caro e mais estupidamente lindo que eu alguma vez tive, e eu tive que ir embora 1º porque não ia conhecer o Orlando Bloom com o vestido rasgado e 2º porque o sitio onde ele se rasgou não foi um sitio que eu goste muito de mostrar…nunca fui a mesma desde esse dia…Só uma pergunta, eu falo muito do Orlando Bloom?? A Dionísia diz que sim, mas eu acho que não..- Põe-me no chão!
Taylor: Até já princesa!
Eu: Ate já? Porque raio estás a imitar o anúncio da TMN? Já agora não me vais fazer um moche, não? - sem ofensa aos que gostam da TMN mas eu sou da Vodafone e com prazer.
Taylor: MOCHE! [atira-se para cima de mim e caímos os dois á agua] - A sorte dele é que estava quente e estava um calor desgraçado!
Eu: SOCORRRO!! Estou-me a afogar! -Acho que ele percebeu tudo apenas com a parte do socorro, é que eu estou habituada a falar com a Vanessa de uma forma muuuito pormenorizada é que ela só tem 1 neurónio, que não é feliz na cabeça dela!
Taylor: [Ele fez uma carinha super fofa e preocupada e foi a nadar ter comigo para me salvar...] - O meu salvador, UHHH namorar faz-me mesmo lamechas excepto com o Robert, no nosso 2º e último dia de namoro eu tava na piscina e a única coisa que ele sabia fazer era assobiar e dar-me beijos – nunca percebi onde e que ele arranjava tanta baba… - Já te agarrei, agora estás a salvo.
Eu: [Desato-me a rir] És tão inocente! -  E fofo, mas se eu disse-se isso ia estragar o momento.
Taylor: O QUÊ? Tu estavas a gozar comigo? – Não, só fingi que me estava a afogar para ser diferente!
Eu: Eu sei nadar, o namorado 123 da minha mãe era nadador salvador e ensinou-me a nadar, no mar - Ele era a razão porque eu ia á praia…
   Taylor: Tu também contas os teus namorados? - Não, mas isso é uma óptima ideia.
Eu: Yep, e tu estás em primeiro na lista! - UHH esta saiu-me bem, e ainda por cima fiz aquela voz que ele adora.
Taylor: Isso significa que eu fui o teu primeiro namorado? - Yah claro, o Robert não foi namorado... ele foi o meu parceiro de laboratório no 6º ano. Ele às vezes parece tão burro como a Vanessa.
Eu: Não, significa que és o mais giro - Ok o Robert também está LINDO agora mas mesmo assim aposto que não tem os abdominais do Taylor... NÃOOOOOOO [E infelizmente dei um estalo a mim mesma, e este doeu]
Taylor: Estás bem? - [Olha para mim com a cara de "Oh não, estou a namorar com uma maluca!"]
Eu: Sim isto faz bem á pele, li na Cuore desta semana - Será que a Vanessa cai nesta?.. Sim ela é burra! Oh não chamei burra ao Taylor, logo burra, ele nem sequer é gaja!
Taylor: Tu já tens uma pele perfeita, não precisas disso - Morri... outra vez! Tenho a mania de ressuscitar!
Eu: Não estás farto de estar na piscina?
 Taylor: Não, só estamos aqui á dois minutos. - Só por acaso foram 3... In your face Taylor... OK eu sei inglês essa é nova! E...isto foi muuuito estúpido! In your face?!? Mesmo muuuito mau!
Eu: E eu não vejo o Orlando Bloom á dois dias – Upps… não era suposto dizer isto.
Taylor: O Orlando Bloom? - Ele é tão lindo quanto tem ciúmes.
Eu: Sim, tu também tens a tua Celebrity Crush certo? - OK primeiro é com Marte e agora com o inglês.
Taylor: A tua é o Orlando Bloom certo? - Como é que chegas-te lá? Não é fácil!
Eu: Mais ou menos, segundo a Dionísia eu tenho uma obsessão por ele!
Taylor: Que bom para ti - Eu ADORO quando ele tem ciúmes!!
        Eu: Ohh, o bebezinho ‘tá com ciúmes, é? – Esta saiu-me mal, ele tem o dobro do meu tamanho!
       Taylor: Eu, achas? Sempre tive uma queda pela Keira Knightley! É assim que se chama não é?!
        Eu: Infelizmente! E que mentiroso!EU odeio essa gaja, ela beijou o Orlando Bloom, e eu…! – Uh-oh! Porque é que eu tenho a impressão que um certo casal vai ter a sua primeira discussãozinha? – …não tive oportunidade de…lhe ter dado um estalo por ela também ter beijado o Jonhny Deep! O Jonhny é muito fixe, ela foi muito má!
        Taylor: Ok, vou fingir que acredito! A sério, vou fingir mesmo! – Ele fica TÃO giro a fazer mesmo uma coisa! -  Vamos lá para dentro para eu me babar para o rabo da Keira!
        Eu: Nem penses, tu não vais olhar para o rabo dela não tens esse direito, se tiveres que olhar para algum rabo é para o m… - Porquê é que hoje não me sai nada que não me humilhe?!
 Taylor: Ah-ah, ‘tas com ciúmes! E…dispensava o comentário do rabo – Ele fica tãao giro a dizer ah-ah e a dizer rabo. Ok, e eu dispensava ter pensado nisto!
 Eu: (faço beicinho)Pois ‘tou! Ao menos eu admito!
 Taylor: Oh, mas eu só te acho gira a ti e a teu uhh..rabo! – Ohhh, que querido! E ohh que…dispensável!
Eu: Isso foi a coisa mais querida que já me disseram! – Mais do que o namorado nº 473 da minha mãe me disse que eu não tenho nada a ver com ela! – Mas perversa e repugnante ao mesmo tempo!
Taylor: Ok, vamos lá ver o que é que esse Orlando Bloom tem que eu não tenho!
Eu: Nada, queres tu dizer!

 

      Continua...

 

Que acharam?

Deixem um comentário com a vossa opinião please!

.

.

*Demetria Devonne Lovato *Actriz, cantora e compositora. *Toca instrumentos como guitarra, violão e piano. *Faz alguns vídeos com Selena Gomez para o Youtube. *Foi declarada embaixadora da educação.

.

Quem querem que seja o proximo Artista do Mes?!
Miley Cyrus
Selena Gomez
Taylor Swift
Joe Jonas
Nick Jonas
Ashley Tisdale
Michael Jackson
Katy Perry
  
pollcode.com free polls

.

.



.